Sargento da PM é preso por não prestar continência a Tenente - ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Sargento da PM é preso por não prestar continência a Tenente

26/05/2019 - [01:33] - Notícias

O presidente da  Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia-ASSFAPOM, Jesuino Boabaid, recebeu cópia do Auto de Prisão e Flagrante  da Prisão do 1° Sargento PM Carlos de Carvalho Lima, acusado de não prestar continência ao 2° Tenente PM ADM Benfica, na Ajudância Geral que fica no Comando Geral da Policia Militar.

Em seu depoimento o Sargento afirmou que:

O  Tenente Benfica alegou que, o sargento se negou a prestar a devida continência, vejamos:

A testemunha 3° SGT Ana Lidia, disse que:

Após o devido procedimento na Corregedoria o Sargento foi conduzido para o presidio, onde o advogado da associação, Dr Marco Antônio Lagos, entrou com uma medida judicial para soltar o associado e o juiz de plantão deferiu a liminar expedindo o alvará de soltura.

Os subordinados e até mesmo os superiores, seja na caserna, na vida pública ou privada,  devem viver em harmonia e o respeito deve ser multo,  pois essas situações que ainda acontece no meio Militar, chega a ser inacreditável, pois a prisão é a ultima medida que um ser humano deve sofrer.

Fonte: ASSESSORIA.

Comentários

Enviar Comentário

  • 27/05/2019 - Pvh
     

    isso para mim é picuinha do graduado... se não quer prestar continência, simples, fique mais antigo que o outro militar ou sai do militarismo, não tem outro meio. agora uma coisa eu posso afirmar, no tocante a continência, aqueles que não gostam de serem cobrados são os que mais cobram, deixa um CB ou SD entrar em uma sala que este SGT estiver e não prestar continência, no minimo uma arrochada.

  • 26/05/2019 - Porto Velho/RO
     

    Fico de boca aberta quando leio notícias de prisão de militares que foram presos devido a uma falta de continência ao um superior. Aí me pergunto porque esses respectivos superiores não são presos por abuso de poder, por abuso de autoridade, arrogância por estar num posto acima. É lamentável esse tipo de situação, chegar a esse patamar. Acho que o respeito está acima de tudo. Agora você largar o trabalho importantíssimo que esta fazendo pra bater continência façam me favor é demais. Está na hora desses protocolos serem quebrados, ou pelo menos que sejam usados nas horas certas e que não cheguem ao extremo como estamos vendo em alguns casos...

ASSFAPOM

Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Rua. José Camacho, 2222 - São João Bosco

Porto Velho - RO

(69) 9307-9449-9251-1063 - (69) 3214-7500

Presidente: Jesuino Boabaid

REDES SOCIAIS
Acompanhe nas redes sociais, a luta que travamos em favor de nossos associados.

Copyright © 2019 - ASSFAPOM - Todos os direitos reservados.

5Digital Comunicação